sexta-feira, 29 de julho de 2011

"Encadernação Copta"

    É provável que muitos já tenham visto algum diário ou sketchbook moderno elaborado com a "chamada" encadernação copta como o modelo abaixo, com miolo de papel cor "creme" 140g, revestimento de couro vermelho e costuras long stitch e copta com linha de linho irlandesa.


   Inspirada nos manuscritos encontrados enterrados dentro de um grande vaso nas proximidades da cidade de Nag Hammadi no Egito por um jovem camponês em 1945, caracteriza-se pela união de uma ou mais brochuras (ou cadernos) de papel dobrado apenas por meio de costura, sem a utilização de cola, com revestimento rústico e amarração de couro.                                                                      
   A Biblioteca de Nag Hammadi ou biblioteca gnóstica cóptica, como é chamado o conjunto de manuscritos, consiste em uma coleção de 12 livros e 8 folhas de um 13º num total de 52 breves tratados religiosos e filosóficos traduzidos do Grego para o Copta no séc IV A.D.  por autores gnósticos anônimos no Alto Egito, provavelmente monges. Num formato mais prático e econômico do que os habituais rolos e que permitia escrever de ambos os lados de folhas individuais, similar aos livros atuais, esse tipo de livro é chamado de codex (em Latim) ou codices, no plural.

Biblioteca de Nag Hammadi
                                                                                
    "Os códices de Nag Hammadi situam-se em um ponto de transição entre os rolos de pergaminho e os códices; da palavra escrita preservada em folhas que foram enroladas até a palavra escrita preservada em folhas que foram reunidas como em páginas dentro de capas. Essa transição, ajudada por aqueles que produziam os códices de Nag Hammadi, mudou para sempre a maneira pela qual a palavra escrita podia ser comunicada. Em muitos sentidos, o processo de encadernação de Nag Hammadi lembra o processo de encadernação empregado até hoje."  Marvin Meyer

Um dos manuscritos da Biblioteca de Nag Hammadi
                                                                               
    O bom estado de conservação em que foram encontrados deveu-se em grande parte ao fato de terem sido escritos em folhas de papiro. "Se tivessem sido fabricados usando a polpa de madeira em lugar do papiro, os textos da biblioteca teriam se desintegrado em pó há muito tempo" M. Meyer
Eram revestidos e amarrados com couro.
    Atualmente fazem parte do acervo bibliográfico do Museu Copta do Cairo.  
  Vale a pena ver uma reprodução fidedigna de um desses códices disponibilizada para consulta pela Biblioteca Digital da Universidade de Iowa no link:

                                   http://digital.lib.uiowa.edu/u?/binding,294

    Hoje em dia muitos encadernadores usam essa referência na concepção de seus modernos projetos. 
    Eis aqui mais alguns trabalhos criados por mim a partir dessa fonte:

                                                                                                                                                              
    Uma excelente indicação para consulta sobre essa técnica, muito didática e ricamente ilustrada é o Volume III da série "Non-Adhesive Binding" intitulado: "Exposed Spine Sewings" de Keith Smith.       
      
                                                                        
Bibliografia:
"The Nag Hammadi Library" - James M. Robinson, HarperSanFrancisco
"Mistérios Gnósticos: As Novas Descobertas" - Marvin Meyer, Pensamento

8 comentários:

  1. Vera que magnífico este seu trabalho, não havia visto ainda ! Parabéns !!!!! Voce está cada vez mais requintada.As fotos ficaram ótimas e a sua reportagem histórica perfeita. Este blog vai acabar virando referência pra todos que trabalham com encadernação e/ou amam os livros !
    Beijos
    Elô

    ResponderExcluir
  2. Vera,amei seus trabalhos e me surpreendi com meu nome e meus sapatinhos...Adorei tudo!!
    Bjão
    MLucia

    ResponderExcluir
  3. Muito bonita a encadernação copta. Não a conhecia!
    A lateral com a costura exposta é muito diferente e tem inúmeras possibilidades de combinação de cores com a capa.
    Super interessante!

    ResponderExcluir
  4. Lindos, Vera. Obrigada pela aula de história!! Adorei. Tereza.

    ResponderExcluir
  5. essa encadernação não tem tutorial? achei maravilhosa ;) parabéns pelo trabalho :D

    ResponderExcluir
  6. Marina Morais (cadernetica@gmail.com)19 de agosto de 2012 14:30

    Ótimo esse post, e os cadernos lindíssimos! Gostaria muito de perguntar onde vc adquiriu esse livro da Keith Smith, pois só encontro em lojas internacionais, nem na livraria cultura está disponível.. E não tenho como encomendar de fora. Se puder me ajudar, agradeceria demais! Obrigada!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Marina! Muito obrigada por prestigiar meu trabalho! Esse livro eu também adquiri no site da Amazon.com pois não o encontrei para vender no Brasil. Mas sei que existe na biblioteca da ABER para consulta e quem sabe eles não te darão maiores informações sobre como adquiri-lo. Tente, ligue para lá no telefone: (11)5579-6200. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  8. Oi Bom dia! Você tem tutorial para esta encadernação Copta preta que você fez? Você faz este tipo de trabalho por encomenda? quanto tempo demora para fazer um destes? qual o material que você utilizou (principalmente para a capa) indica algum profissional no Rio de Janeiro?

    Muito Obrigado

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.